Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Sócrates e primeiro-ministro chinês discutem reforço de laços comerciais

A preparação da visita oficial a Pequim para aprofundar o relacionamento comercial entre Portugal e a China dominou a reunião que o primeiro-ministro, José Sócrates, manteve hoje em Helsínquia com o seu homólogo chinês, Wen Jiabao, revela a agência Lusa.

«As relações comerciais entre Portugal e a China têm aumentado e conto visitar a China para aprofundar os laços comerciais e dar um impulso ao comércio externo com a China», disse Sócrates, depois de um encontro com Wen Jiabao, à margem da cimeira de líderes europeus e asiáticos.

Sócrates salienta importância da China na «nova ordem mundial»

O primeiro-ministro valorizou a importância que a China tem para a «nova ordem» mundial e evitou falar do problema de direitos humanos naquele país. «Julgo que a China tem vindo a melhorar significativamente no que diz respeito ao seu relacionamento com o Ocidente, e a Europa não pode ficar indiferente a esses sinais», insistiu José Sócrates.

«O mundo de hoje exige grande pragmatismo e apoio nas relações diplomáticas», sendo «muito importante ter presente que a China desempenha hoje um novo papel no mundo», adiantou.

«É muito importante que saibamos através do diálogo, diplomacia e política, trazer a China para um concerto das Nações em que possa afirmar uma concordância com aquilo que são os aspectos mais importantes da agenda mundial», resumiu.

Visita a Pequim agendada para o primeiro trimestre de 2007

Os líderes de 38 países da Europa e Ásia estiveram reunidos domingo e segunda-feira, em Helsínquia, para afirmar a sua determinação em impulsionar o relacionamento económico e comercial entre as duas partes.

A deslocação do primeiro-ministro a Pequim, com um grupo de empresários portugueses, está prevista para o primeiro trimestre de 2007.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.