Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Sector têxtil terá Centro de Inteligência de Moda e Mercados

O ministro da Economia e da Inovação, Manuel Pinho, anunciou esta sexta-feira, em Famalicão, a criação do Centro de Inteligência de Moda e Mercados, para promover a ligação da moda à indústria portuguesa, revela a agência Lusa.

Em declarações aos jornalistas no final do VIII Fórum da Indústria Têxtil, o presidente da ATP, Paulo Nunes de Almeida, aplaudiu o anúncio do centro de inteligência, referindo tratar-se de uma estrutura «há muito reclamada pelo sector».

De acordo com Paulo Nunes de Almeida, trata-se de um sinal importante do Governo na compreensão de que «a moda é vital para o país», especialmente quando significa a criação de «valor acrescentado» na indústria têxtil.

Em resposta à reivindicação do sector, o ministro da Economia apenas respondeu que as empresas serão apoiadas pelo Dínamo e que o sector têxtil foi discriminado positivamente em termos orçamentais, dado que «nenhum projecto apresentado à fase Dínamo ficará sem financiamento desde que cumpra as condições e nível de qualidade exigidos».

A estrutura deverá arrancar em 2007 e ficará localizada no Centro Tecnológico das Indústrias Têxteis e do Vestuário (CITEVE), em Famalicão, onde também se instalará em Outubro a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP).

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.