Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Juros de habitação subiram 58% no espaço de um ano

Os portugueses estão a pagar mais 58% na parcela dos juros do seu crédito à habitação do que há um ano. A Euribor a 6 meses, o principal indexante para o cálculo das taxas destes empréstimos, atingiu o valor médio de 3,40% no final do mês de Agosto, o valor mais alto dos últimos quatro anos, contra 2,16% em Setembro do ano passado, o mês que marcou o início do ciclo de subida dos juros, revela a edição de sexta-feira do Diário de Notícias.

A Euribor a 3 meses, indexante que é cada mais utilizado pelos principais bancos portugueses para os novos contratos, sobe igualmente a mesma ordem de grandeza, fixando-se o seu valor médio de Agosto nos 3,22%.

Apesar de o Banco Central Europeu (BCE) ter decidido, na reunião de ontem, manter a sua taxa directora nos 3%, os valores do mercado interbancário reflectem já a esperada subida de Outubro, apontada pela maioria dos analistas. Até final do ano, o BCE deverá subir por mais duas vezes os seus juros indicativos, ou seja, atingindo os 3,5%.

Quem contrair um novo empréstimo no mês que hoje começa, as taxas de juro permanecem nos mesmos intervalos de Agosto, nos bancos que arredondam a um quarto de ponto percentual e utilizam a Euribor a 3 meses: entre um mínimo de 3,750% e um máximo que já ultrapassa os 5%.

Crédito concedido cai no segundo trimestre.

O total de crédito à habitação concedido pelos bancos portugueses no segundo trimestre deste ano sofreu um decréscimo de 2% face ao primeiro trimestre do ano, de acordo com os dados recentemente divulgados pela Direcção-Geral do Tesouro. O número de contratos celebrados no segundo trimestre foi igualmente inferior aos empréstimos contratados nos três primeiros meses do ano, ou seja, menos 3%. O valor médio de cada um, no entanto, sobe de 92,3 para 93,8 mil euros.

No que respeita à variação homóloga, o montante global de crédito à habitação concedido no segundo trimestre deste ano subiu apenas 2% face a igual período do ano passado. O número de contratos caiu 7,29%, facto que não se verificava desde o último trimestre de 2004.

Diário de Notícias

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.