Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Cinema City abre em Outubro

A certeza já foi dada. As portas do Cinema City, em Barruivo, Leiria, vão abrir no próximo mês de Outubro. Com um atraso de cerca de um ano, e uma derrapagem de 10 milhões de euros, as salas de cinema vão finalmente funcionar, independentemente da abertura, ou não, dos espaços comerciais. Segundo a edição de hoje do Região de Leiria, a taxa de ocupação está a 50% da sua capacidade.

Pelo facto do conceito se aproximar mais de um «complexo de animação» do que de um centro comercial, a SIMO – Sociedade Promotora de Cinema, impulsionadora do empreendimento, pretende que a oferta comercial «seja específica e complemente a oferta do comércio tradicional da cidade», adianta o RdL.

O Cinema City pretende ainda adaptar as salas de cinema a outro tipo de eventos, como reuniões de empresas, conferências, ou workshops.

Investimento de 26 milhões de euros

O investimento global da obra totaliza 26 milhões de euros e a promotora, SIMO – Sociedade Promotora de Cinema, estima que sejam criados dezenas de postos de trabalho.

Sebe-se já que os 700 lugares de estacionamento coberto, em dois pisos subterrâneos, serão gratuitos, mas o preço dos bilhetes de cinema não está ainda definido, revela o Região de Leiria.

Os cinemas funcionarão das 11h30 às 03h00, mas os promotores não avançam o dia de abertura por este estar dependente, entre outros factores, da concessão da licença de utilização já solicitada à Câmara Municipal de Leiria, adianta o semanário.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.