Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Roca elege PALOP como mercados alvo

A Roca Portugal, empresa instalada em Leiria que se dedica ao fabrico de artigos sanitários, elege como principais mercados, para além de Portugal, a maioria dos Países de Língua Oficial Portuguesa (Palop), revela a edição de hoje do Jornal de de Leiria.

Em declarações àquele jornal, Ignácio Franquesa, administrador delegado da empresa que ocupa o topo da lista das 250 maiores do distrito, revela que a capacidade de antecipação na colocação de produtos no mercado e a satisfação das necessidades dos clientes tem ditado a forma como a Roca adapta o seu pessoal, procedimentos e ferramentas, aos diversos mercados.

A empresa concebeu recentemente um novo conceito de sanita-bidé (Lumen), com funções de lavagem e secagem, que lhe valeu um prémio de qualidade, inovação e tecnologia, na última edição da Feira Tektonika, que decorreu na FIL. Conforto, desenho inovação e tecnologia são as principais preocupações da Roca Portugal, revela ainda o Jornal de Leiria.

Empresas do Grupo fixam-se em países onde possam liderar o mercado

Questionado pelo JL relativamente ao equacionar de uma eventual deslocalização da produção para mercados com custo de mão-de-obra inferior e maior centralidade geográfica, aquele responsável afirmou que «o Grupo Roca tem tendência a estabelecer as suas actividades em países onde o interesse e o objectivo posterior possa vir a ser a consolidação como líderes de mercado».

A Roca Portugal é detida por um grupo espanhol que marca presença em 60 países, por via da comercialização ou fixação de unidades industriais próprias.

Facturação da Roca Portugal representa 44% do total do sub-sector em Portugal

A empresa foi responsável, em 2004 (últimos dados disponíveis) por 116 dos 259,7 milhões de euros que representam a facturação do sub-sector de louça sanitária em Portugal, um segmento que canaliza mais de 40% da produção para o mercado externo.

Os resultados líquidos da Roca Portugal ascenderam, no mesmo período, aos 13,8 milhões de euros.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.