Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Empresas da fileira do couro fazem balanço positivo da participação em certames internacionais

Oitenta e cinco por cento das empresas portuguesas da fileira do couro que participaram em certames internacionais no primeiro semestre deste ano afirma ter atingido os objectivos pretendidos, segundo um inquérito da associação do sector, cujos resultados foram divulgados na edição de Julho/Agosto do jornal da associação, revela a Agência Lusa.

Segundo a Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes e Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), dos 85% de empresas satisfeitas, 55% fizeram uma «avaliação suficiente» da participação nas mostras internacionais, enquanto as restantes 30% atribuíram mesmo a nota máxima à iniciativa.

Os restantes 15% dos inquiridos avaliaram negativamente a presença em eventos no exterior.

Conquista de novos mercados é o principal objectivo da participação

Entre os objectivos da participação, a «conquista de novos mercados» é apontada por 89% dos inquiridos, surgindo o «aumento das exportações» e a «abordagem a novos mercados» como as outras prioridades mais votadas, seguidas do «teste a novos produtos».

Em termos de contactos efectuados, 43% das empresas obteve 15 a 30 contactos durante as feiras, enquanto 29% dos participantes conseguir fazer mais de 30, e 28% contactou com menos de 15 clientes profissionais.

Os mais e menos votados

Numa análise mais detalhada, fica ainda a saber-se que certame eleger em função dos objectivos que se pretendem atingir:

Motexha (Dubai): a melhor para a conquista de novos mercados
MosShoes (Rússia): a melhor para aumentar exportações
MIDEC (França): a melhor para testar novos produtos
Poznan (Polónia): o certame que excedeu as expectativas
WSA (EUA) e Lineapelle (Itália): onde se obtiveram mais contactos
GDS (Alemanha), a Expo Riva Shcuh e a Poznan Fashion Week: onde se obtiveram menos contactos
MICAM e Lineapelle (Itália): as que recolheram melhor avaliação em termos globais
Feira de Las Vegas (EUA): a menos apreciada

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.