Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Óbidos investe seis milhões de euros em pavilhão multiusos

O Multiusos de Entretenimento e Comercial previsto para Óbidos, junto ao quartel dos bombeiros voluntários, representa um investimento de seis milhões de euros e deverá criar cerca de 200 postos de trabalho directos, para além de várias centenas que irão trabalhar indirectamente naquele espaço, revela o Oeste Online.

O investidor, Rui Barros, está agora em contacto com empresas a nível nacional, em especial as que trabalham com franchising, para captar grandes marcas para o empreendimento, mas também com estabelecimentos locais que possam dar um cariz regional ao espaço. “Não vamos trabalhar com qualquer empresa. Vamos seleccionar as empresas e os produtos com que trabalham, para não ser tudo igual”, referiu à publicação.

O multiusos terá cerca de quatro mil metros quadrados de área comercial, mais a discoteca que terá mil metros quadrados. O espaço será dividido em vários módulos que poderão ser ocupados por mais do que um estabelecimento comercial. O projecto já está concebido, ao nível da arquitectura, à semelhança do conceito dos outlet. No total serão 30 espaços comerciais.

O multiusos terá ainda um parque de estacionamento com 450 lugares e um circuito de autocarros que transporte as pessoas para o castelo e vice-versa.

O empreendimento será promovido pela Capital Milénio – Mediação Imobiliária, empresa que Rui Barros também adquiriu recentemente.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.