Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Sócrates prepara anúncio de novo pacote de investimentos empresariais

O primeiro-ministro, José Sócrates, prepara-se para anunciar, entre hoje e o fim deste mês, um novo pacote de investimentos empresariais no sector privado, disse à agência Lusa fonte do Governo.

«Estão a ser ultimados para apresentação pública vários projectos de investimento em diversas sectores empresariais. Estes projectos seguem-se ao primeiro grupo de contratos assinados [em Janeiro passado] por empresas com o Estado Português e que foram avaliados em cerca de 1.850 milhões de euros», adiantou a mesma fonte.

Hoje de manhã, José Sócrates e o ministro da Economia, Manuel Pinho, presidem à assinatura de um contrato de investimento em Aljustrel para a modernização e o relançamento da exploração mineira de concentrados de cobre e zinco.

Como afirmou o titular da pasta da Economia quinta-feira passada, no final do Conselho de Ministros, trata-se de “um investimento de 76 milhões de euros e que criará cem postos de trabalho (e mais 200 subcontratados) numa região do país que bem precisa deles”.

Além do projecto de Aljustrel, Manuel Pinho disse que «dentro em breve» serão anunciados outros investimentos no sector mineiro, num momento em que matérias primas como o ouro, cobre, zinco e chumbo atingem valores elevados nos mercados internacionais.

Em declarações à agência Lusa, Manuel Pinho sustentou que «há indicadores claros que mostram que a economia portuguesa está a mexer».

O projecto para a construção da refinaria Vasco da Gama em Sines fez parte do primeiro pacote de investimentos anunciado pelo Governo entre o início do ano e 20 de Janeiro passado, onde o sector turístico foi o mais beneficiado, com destaque para os 677 milhões de euros nos empreendimentos do Pinheirinho e da Costa Terra, no concelho de Grândola.

A Agência Portuguesa para o Investimento (API) assinou também contratos com a Unicer para um investimento de cerca de 47,8 milhões de euros, no projecto turístico AquaNattur, no Parque de Pedras Salgadas e Vidago, considerado pelo Governo como de Potencial Interesse Nacional (PIN).

Na mesma altura, a multinacional de origem turca Advansa assinou com a API um memorando de entendimento para a implantação de uma unidade com uma capacidade anual para produzir cerca de 700 mil toneladas de PTA, matéria-prima do plástico PET (embalagens).

No sector petroquímico, a Repsol YPF anunciou um investimento de 51 milhões de euros na modernização e melhoria das condições ambientais e de segurança do seu complexo petroquímico em Sines.

Por sua vez, no sector do mobiliário e do comércio, o grupo sueco Ikea assinou contratos com o executivo para avançar com projectos no valor de 450 milhões de euros em Portugal até 2010, entre os quais consta a instalação de uma fábrica no Norte do país e a criação de um total de 1.600 postos de trabalho directos.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.