Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Mariano Gago quer antecipar meta compras electrónicas para 2007

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, desafiou quarta-feira as empresas de tecnologias a ajudarem a antecipar, para 2007, a meta do Governo de ter 25% dos portugueses a comprar na Internet, revela a Agência Lusa.

A meta do Governo era a de que um quarto da população portuguesa realizasse compras electrónicas em 2010, pelo que este desafio visa antecipar este objectivo em três anos.

Mariano Gago, que falava no jantar organizado pela Associação do Comércio Electrónico em Portugal (ACEP), no âmbito da 3ª Semana do Comércio Electrónico, disse que a presidência portuguesa da União Europeia, que acontecerá no próximo ano, seria uma óptima oportunidade para demonstrar a capacidade do país em termos de compras na Internet.

«O que temos de fazer em 2007 é sermos europeus e não sermos pequeninos», afirmou, acrescentando que existe pouco mais de um ano para provar a capacidade.

Gago admitiu que poderão haver entraves à aceleração do comércio electrónico, pelo que apelou à identificação dos mesmos.

No início, um dos bloqueios às compras na Internet era a questão de segurança, lembrou o ministro, adiantando que actualmente «existem mecanismos de confiança que estão a ser desenvolvidos como a certificação da qualidade, a informação exaustiva [sobre sites] e a preparação de um directório».

O ministro deu como exemplos de transacções electrónicas de sucesso em Portugal a Via Verde e o multibanco e defendeu que Portugal pode aprender com a organização do Mundial de 2006 a desenvolver comércio electrónico para eventos concretos.

«Temos de estar preparados para o comércio electrónico efémero, como campeonatos, turismo, concertos. É preciso tratar a sazonalidade como se fosse um grande evento», disse, adiantando que depois da recente visita que fez à Alemanha pretende trazer soluções de comércio electrónico, disponíveis em vários dispositivos como o telemóvel, para Portugal.

Mariano Gago considerou ainda que o comércio electrónico vai ser um grande impulsionador do turismo.

O ministro recordou que o comércio electrónico tem sido lento em termos de penetração no mercado externo e defendeu o investimento nos conteúdos em várias línguas.
Gago disse também que o comércio electrónico deveria ser ensinado nas universidades, de forma a profissionalizar o sector e acelerar a sua massificação.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.