Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Estaleiros de Peniche envolvidos em projecto pioneiro

Os estaleiros navais de Peniche estão transformados na primeira base portuguesa de apoio às energias renováveis off-shore, depois de terem sido escolhidos para a montagem final do Pelamis, um projecto de aproveitamento da energia das ondas do mar que, a partir de Agosto, deverá ser instalado ao largo da Póvoa do Varzim, revela a edição do Jornal de Leiria.

Apresentado em Peniche na passada sexta-feira, o projecto pioneiro a nível mundial é da autoria dos escoceses Ocean Power Energy e está a ser desenvolvido pela Energis.

O investimento, que ascende a 8,5 milhões de euros, permitirá produzir, numa primeira fase, energia eléctrica suficiente para alimentar 2400 habitações.

O facto de não existir em Portugal «qualquer outra estrutura» preparada para responder ao desenvolvimento previsto para a exploração deste tipo de energia levou Carlos Mota, presidente da ENP, a lançar o desafio ao governo, no sentido de viabilizar os investimentos necessários à expansão do Porto de Peniche.

A intenção é que a cidade e a região Oeste – Leiria possam vir a dotar-se de «suporte operacional» à concentração, montagem e manutenção em exploração dos equipamentos a instalar nos parques que futuramente venham a ser licenciados e até constituído um polo tecnológico de produção e investigação, assumindo «papel de vanguarda e competitividade à escala mundial», revelou aquele rsponsável.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.