Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

Politécnico de Leiria vai ser avaliado

O Instituto Politécnico de Leiria vai ser alvo de avaliação, no próximo ano lectivo, pela Associação Europeia das Universidades (AEU). Nesta situação estão também os politécnicos de Bragança e Porto e as universidades de Coimbra, Évora, Fernando Pessoa, Lusófona e Algarve.

O processo de avaliação institucional conduzido pela AEU é voluntário, ou seja, são as instituições que por sua vontade e iniciativa requerem uma avaliação internacional, que inclui o contacto de peritos com professores, alunos, pessoal não docente e sindicatos.

Este processo é co-financiado pela Direcção Geral do Ensino Superior, que abriu concurso público em Janeiro, tendo recebido candidaturas de quarenta e duas instituições, entre universidades e politécnicos, públicos e privados.

Os relatórios de avaliação serão públicos e deverão incluir elementos s obre os mecanismos de governação, as regras de acesso, a autonomia institucional, os recursos financeiros, a internacionalização e outras politicas relevantes d e ensino superior.

Além da AEU, participa neste programa a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), que terá a seu cargo a avaliação global do desempenho do sistema do ensino superior português, comparando-o com o de outros países.

Uma equipa de avaliadores visitará Portugal durante a segunda quinzena de Maio, devendo o relatório final ser apresentado até final de 2006.

Quanto a objectivos, a OCDE fica incumbida de avaliar o desempenho sistémico de todo o ensino superior português no contexto europeu, aconselhando sobre estratégias de racionalização para todo o sistema à luz das melhores práticas internacionais.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.