Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Leiria bate recorde na constituição de empresas

Deram entrada no Centro de Formalidades das Empresas (CFE) de Leiria, no último mês de Março, 193 processos, o que corresponde a uma média de 8,4 novos processos por dia. Este foi o melhor resultado que o centro alcançou desde a sua abertura, em Dezembro de 2003, noticia a edição de hoje do Região de Leiria.

No primeiro trimestre deste ano, aquela entidade abriu 463 processos, ou seja uma média de 7,2 novos casos por dia. Este valor representa uma subida de 31,5 por cento face ao mesmo período de 2005. Dos processos iniciados, 325 foram de constituição, 91 de alteração e 47 de dissolução de empresas.

Neste período foram concluídos 421 processos, o que representa também um aumento de 31,2 por cento face ao período homólogo. Destes, 296 foram de constituição, 84 de alteração e 41 de extinção de empresas.

Este ano o CFE concluiu 90,9 por cento dos processos iniciados no mesmo período. Assim sendo, em Abril o CFE de Leiria prevê abrir o processo três mil.

Desde a sua abertura, em Dezembro de 2003, que foram iniciados no CFE de Leiria 2920 processos, dos quais 2321 foram concluídos.

Nestes números estão incluídos os valores da Empresa na Hora, serviço disponível no CFE de Leiria desde 27 de Janeiro deste ano. Quanto à Empresa na Hora até 31 de Março, 101 empresários preferiram criar as suas empresas pela via «mais rápida», o que dá uma média de 2,2 empresas por dia.

Neste momento decorrem procedimentos-piloto nos CFE de Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Viseu, Leiria, Lisboa, Setúbal e Funchal. Dos três criados em Dezembro de 2003, Aveiro, Leiria e Viseu, o de Leiria é aquele «que melhores resultados tem apresentado, pelas características da região em que está implementado», explica Isabel Dias do CFE de Leiria, ao Região de Leiria.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.