Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

«Vejo com muito interesse a criação de associações deste género»

Célia Marques

O economista, e director do Departamento de Research do BES, vai estar hoje presente no seminário de apresentação pública da Associação para o Desenvolvimento Integrado de Competências (ADIC), salientou que vê «sempre com muito interesse a criação de associações deste género, que contribuem para dinamizar economia, a actividade e as empresas da região a que dizem respeito».

Miguel Frasquilho vai centrar a sua intervenção na Competitividade da Economia Portuguesa, adianta que registou «com muito agrado» o convite que lhe foi endereçado, «até porque a competitividade da economia portuguesa em geral é, certamente, importante para a região centro, a ADIC e os seus associados», afirmou.

Durante a sua intervenção, Miguel Frasquilho vai desenvolver «as questões mais relevantes para a (falta de) competitividade portuguesa num contexto de Europa a 25».

Segundo o economista, essas questões têm essencialmente a ver com aspectos como a qualificação de recursos humanos; legislação laboral; desburocratização da administração pública e agilização da justiça; fiscalidade e moderação salarial.

A apresentação pública da ADIC decorre hoje, às 18 horas, no auditório da ESTG, e conta ainda com a intervenção de Henrique Neto, presidente do Grupo Iberomoldes.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.