Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

ICEP faz acordo com Federação de Futebol para vender estágios em Portugal

O ICEP está a ultimar um acordo com a Federação Portuguesa de Futebol para vender estágios em Portugal, disse João Marques da Cruz, presidente do ICEP, ao Leiria Económica. À margem do seminário intitulado D2P – From Design to Product, que decorreu ontem, na Marinha Grande, admitiu que «as acções poderão iniciar-se no segundo semestre deste ano».

«Estamos a trabalhar num projecto de promoção de centros desportivos portugueses, em que os estádios são parte integrante. Trata-se de atrair para Portugal a venda destes serviços, seja para equipas ou selecções de futebol», disse o presidente do ICEP.

Para isso, Marques da Cruz avançou que «a promoção será feita através das 41 delegações da rede exterior do ICEP».

Esta aposta será uma forma de vender um serviço e também de rentabilizar algumas das estruturas desportivas, construídas quando do Euro 2004, adiantou, em resposta a um dos conferencistas, quando apontou alguns dos estágios que após aquele evento ficaram às moscas, como é o caso do Municipal de Leiria.

Marques da Cruz admitiu que «Portugal fez bem em fazer o Euro 2004 e fez bem em construir os estádios todos», a fim de garantir «a realização deste evento».

«Portugal precisa de grandes eventos, como foi o caso do Euro 2004 e do Lisboa-Dakar», frisou, deixando claro é necessário transmitir «que Portugal sabe fazer».

No seminário, o presidente do ICEP, defendeu a necessidade de Portugal oferecer «bons produtos para exportarmos mais» e ressalvou que para o desenvolvimento do produto «é preciso apostar nas componentes do design e da marca».

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.