Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Empresários recebem comitiva marroquina na NERLEI

Um grupo de empresários da região de Leiria vai receber, no próximo dia 13, uma delegação de parlamentares marroquinos, acompanhada do director do Centro de Investimentos da Região de Gharb-Chrarda-Béni–Hssen e Embaixador do Reino de Marrocos. O encontro é promovido pela NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria, e realiza-se às 14h30, no edifício da associação.

«O objectivo do encontro passa por dar a conhecer a realidade económica daquele país e apresentar as oportunidades de investimento e o tipo de apoios existentes, no sentido de fomentar as relações comerciais entre Portugal e Marrocos, facilitando um maior intercâmbio de informação e conhecimentos entre empresários portugueses e entidades marroquinas», revela um comunicado da associação.

«A região marroquina de Gharb-Chrarda–Béni-Hssen é composta por 2 províncias: Kénitra e Sidi Kacem, possuindo uma localização privilegiada já que se situa no centro do território, próximo das cidades de Casablanca, Rabat (a capital mais próxima de Lisboa) e Tanger, servindo igualmente de corredor entre o Norte e Este do país. Este facto reflecte-se no desenvolvimento de boas infra-estruturas rodoviárias originando um forte dinamismo económico nesta região. É uma zona que se caracteriza pela existência de recursos hídricos importantes e solos muito ricos e variados. A indústria transformadora tem um grande peso e uma forte componente exportadora, destacando-se as indústrias agro-alimentar, têxtil e couro, metalomecânica, química e para-química e eléctrica e electrónica», adianta.

Esta reunião na NERLEI insere-se numa visita mais alargada que esta comitiva marroquina se encontra a fazer ao nosso País.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.