Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Electrofer constrói nova unidade na Marinha Grande

O grupo Electrofer vai construir uma nova fábrica na zona industrial da Marinha Grande. Segundo a edição de hoje do Região de Leiria, esta nova unidade contará com um investimento de 25 milhões de euros e congregará a Electrofer 2, sedeada na Marinha Grande, e a Electrofer 3, da Barosa.

As novas instalações contam com 25 mil metros quadrados de área coberta e estão implantadas num terreno com 60 mil metros quadrados.

José Gregório, administrador do grupo, afirma ao Região de Leiria que pretende que a nova fábrica comece a funcionar no final deste ano. A nova unidade vai incluir novas áreas produtivas, como a galvanização de imersão a quente de superfícies, esperando criar 50 novos postos de trabalho.

A Electrofer quer aproveitar os “bons ventos” da internacionalização e pretende começar a exportar e expandir para os mercados de França, Angola, Argélia, Marrocos e Espanha.

Com este novo investimento, José Gregório pretende assim posicionar e Electrofer entre as melhores da Europa.

A electrofer dedica-se há 18 anos à actividade de tratamento de superfíceis e protecção anticorrosiva.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.