Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

ADIC pretende incentivar o desenvolvimento de competências

Célia Marques

A Associação para o Desenvolvimento Integrado de Competências (ADIC) nasceu com o objectivo de desenvolver acções que incentivem o desenvolvimento de competências em empresas ou entidades públicas. Em última análise, trata-se de promover o desenvolvimento económico e social da região, através do aumento da sua competitividade.

O que está em causa é «planeamento, mas um planeamento que ajude objectivamente as empresas com plataformas de apoio em áreas como o marketing e a logística. Normalmente, são as consultoras que prestam esse tipo de serviços. A ADIC não pretende substituí-las, mas sim chamar a atenção das empresas para a importância daquelas áreas. Creio que se a intervenção for feita por uma associação será recebida de outra forma», explicou ao LE, António Costa Silva, presidente da ADIC (na foto).

O objectivo passa por criar ferramentas que possam ser utilizadas, por exemplo, na área do marketing, a primeira área sobre a qual a associação se irá debruçar. «As pequenas empresas precisam de instrumentos de fácil utilização, que permitam, por exemplo, fazer um mini planeamento de marketing», adianta.

António Costa Silva, anterior presidente da ACILIS, considera que existia um espaço por preencher nesta área, «porque as associações empresariais estão mais vocacionadas para a prestação de serviços e perderam espaço de reflexão». A associação pretende ser «pró-activa, no sentido de intervir em áreas que não estão ainda trabalhadas» adianta.

Estudo sobre Competitividade em parceria com a ESTG

Durante a apresentação pública, marcada para o próximo dia 23 de Março, no auditório da ESTG, serão apresentados os objectivos da ADIC e realizada uma conferência subordinada ao tema da Competitividade.

Para este ano, está ainda previsto um estudo acerca da Competitividade do Marketing nos sectores com maior preponderância na região e medidas concretas para a sua melhoria, um trabalho a realizar em parceria com a ESTG e no âmbito do qual se organizarão conferências e fóruns de discussão.

Fazem ainda parte das actividades a desenvolver este ano, a caracterização do tecido económico e social da região, bem como um estudo relativo à competitividade e acção da internacionalização nos seus sectores mais representativos. Em ambos os casos, o objectivo passa por encontrar medidas concretas que permitam uma melhoria nos temas em análise.

A associação tem parcerias estabelecidas com outras entidades, para além da ESTG, mas António Costa e Silva considera prematuro avançar com nomes. «As entidades querem ter uma posição mais próxima das empresas. Só faltam projectos que façam essa ligação», adianta.

A ADIC foi constituída em Novembro último e o seu Conselho Geral é constituído pelos nove sócios fundadores, em representação de empresas como a TSE Consultores de Gestão e a CSIS.

A presidência da Assembleia-Geral é da responsabilidade de Paulo Delfim e a do Conselho Fiscal, de Rogério Domingues.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.