Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Leiria adere ao microcrédito

A linha de microcrédito criada pela Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) e a Caixa Geral de Depósitos (CGD), apesar da sua curta existência, tem tido uma significativa procura no distrito de Leiria. «Temos informado indivíduos empreendedores na fase star-up ou early stage acerca deste protocolo. Estes têm-se demonstrado bastante interessados», revelou a delegação de Leiria da ANJE ao Leiria Económica.

Gerir com sustentabilidade

A Responsabilidade Social Empresarial é muitas vezes confundida com solidariedade social, filantropia ou voluntariado. Na verdade, a RSE vai muito para além disso. Representa o compromisso do empresário no sentido de gerir os negócios de forma sustentável, de modo a garantir a sustentabilidade dos resultados da empresa e, em última análise, da sociedade como um […]

Leiria na mira do Consórcio Ventonorte

O consórcio Ventonorte, liderado pela Enel e Unión Fenosa, propõe-se construir duas fábricas de componentes para energia eólica em Estarreja, Vagos ou Leiria. O consórcio já estabeleceu contratos condicionais com os municípios em causa para a localização das duas fábricas, que será determinada durante o período da negociação com o júri, revela a agência Lusa.

OPEN acolhe primeira empresa este mês

A OPEN – Associação para Oportunidades Específicas de Negócio, inaugurada em Agosto de 2005, vai albergar, no final deste mês, a primeira empresa incubada nas suas instalações, «após um moroso processo de pré-selecção», disse Nuno Prata, coordenador executivo da OPEN, ao Leiria Económica.

Electrofer constrói nova unidade na Marinha Grande

O grupo Electrofer vai construir uma nova fábrica na zona industrial da Marinha Grande. Segundo a edição de hoje do Região de Leiria, esta nova unidade contará com um investimento de 25 milhões de euros e congregará a Electrofer 2, sedeada na Marinha Grande, e a Electrofer 3, da Barosa.

Inautom prepara entrada no mercado brasileiro

A Inautom foi a primeira empresa portuguesa a marcar presença na Estónia. Actualmente, esta empresa de reparação e comercialização de máquinas de injecção de moldes, conta com três filiais – a Inautom Nordic, Inautom Baltic e Inautom Mosco – e prepara-se para abrir uma agência no Brasil. O investimento é de 500 mil euros.