Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

Politécnico de Leiria forma especialistas para lidar com ataques informáticos

O Politécnico de Leiria abriu as vagas para o novo mestrado em Cibersegurança e Informática Forense, que se inicia no próximo ano letivo 2017/2018, e decorre na Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG/IPLeiria). Esta nova formação pretende responder ao desafio proposto pela directiva da União Europeia sobre segurança de redes e sistemas de informação, que prevê a formação de profissionais com elevadas competências para lidar com os ataques e incidentes que ocorrem no ciberespaço.

«As preocupações dos cidadãos e das empresas com a segurança dos dados e das infra-estruturas de redes e de comunicações têm vindo a aumentar, em parte devido ao número crescente de ciberataques, que têm tido um impacto muito negativo nas empresas afectadas», salienta Mário Antunes, coordenador do novo mestrado da ESTG/IPLeiria. «A recuperação rápida do negócio e da presença digital após a ocorrência de um ciberataque é fundamental, o que pode ser conseguido através do uso de um conjunto de técnicas de análise forense digital e de recuperação de dados», explica o docente.

O novo curso dirige-se a estudantes recém-licenciados em cursos de Engenharia Informática ou em cursos na área das ciências da computação, e a profissionais que desempenhem funções de gestão e administração de infra-estruturas de servidores e redes, gestão de segurança em tecnologias de informação, e outros técnicos com experiência profissional na área da informática.

«Actualmente as empresas têm reforçado os seus quadros com profissionais com fortes conhecimentos em cibersegurança, recuperação de dados e análise digital forense. Do ponto de vista científico-pedagógico, esta formação está orientada para o “saber fazer” e assenta na realização de projetos práticos, o que é uma mais-valia significativa», realça Mário Antunes.

O mestrado tem início no próximo mês de setembro e funciona em horário pós-laboral, com aulas às sextas-feiras, das 18h00 às 23h00, e aos sábados, das 10h00 às 17h00. Durante o primeiro ano decorre a componente lectiva, e o segundo ano é inteiramente dedicado à elaboração de um estágio, um projeto ou uma dissertação.

O Politécnico de Leiria conta com um corpo docente qualificado nas áreas do curso, aliado a um historial de atividades relevantes e parcerias sólidas de sucesso com instituições de referência. Destacam-se entre outras as cooperações com a Polícia Judiciária, o Ministério Público ou com o Gabinete de Cibercrime da Procuradoria-Geral da República, para a realização de perícias de informática forense efetuadas no Laboratório de Cibersegurança e Informática Forense, inaugurado na ESTG/IPLeiria em 2015, e o envolvimento num programa de mestrado multinacional organizado pela NATO.

Fonte: IPL

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.