Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Leiria vence competição Vodafone Ericsson com o Brincar de Rua

O projecto Brincar de Rua, da leiriense Ludotempo – Associação de Promoção do Brincar, foi um dos dois vencedores do City Challenge Coimbra do prémio Big Smart Cities. A iniciativa, da Vodafone e da Erickson, pretende  descobrir e apoiar ideias de negócio de base tecnológica que melhorem o dia a dia de quem vive, visita e/ou trabalha nos grandes centros urbanos.

O prémio vem reconhecer a criação de um programa inovador – Brincar de Rua – que permite às comunidades do mesmo bairro ou rua, a criação de grupos comunitários de brincar, onde as crianças poderão brincar livremente e em segurança. O projecto tem como metas contribuir para a redução do número de crianças com baixa actividade física e com excesso de peso, promover o desenvolvimento de competências pessoais e sociais nas crianças, ao mesmo tempo que contribui para a coesão das comunidades locais.

O Brincar de Rua, que já tinha sido reconhecido pela Gulbenkian como um dos 10 projectos mais inovadores de 2016 no prémio FAZ IOP, decorre desde Setembro de 2016 em Leiria (Bairro dos Capuchos) e está neste momento à procura de monitores e a registar pré-inscrições para os próximos Grupos Comunitários de Brincar que abrirão nesta cidade. Do projecto, faz parte a generalização a todo o País da iniciativa que permite utilizar a tecnologia para devolver as crianças ao seu espaço natural de brincar: a rua e o bairro.

O Brincar de Rua conta com o apoio/parceria da ESECS – IPL, da Câmara Municipal de Leiria, União de Freguesias de Leiria, Barreira, Pousos e Cortes e IPDJ Leiria e informalmente com a PSP Leiria/ programa Escola Segura.

Fonte: Ludotempo

 

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

Leiria é quinto distrito com mais PME Excelência em 2016

O distrito de Leiria cresceu acima da média nacional no que toca a empresas PME Excelência em 2016, sendo o quinto que mais empresas tem com este título. O concelho de Leiria mantém a liderança mas o da Marinha Grande foi o que conquistou mais empresas. Em causa estão empresas financeiramente sólidas e em crescimento.