Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Concurso para construção do Jardim Almuinha Grande com valor base de 2,2 milhões

O concurso para a construção do Jardim de Almuinha Grande foi publicado esta quarta-feira em Diário da República. O valor do preço base do procedimento é de 2.239.891.62 euros, com um prazo contratual de 365 dias nos termos do disposto no nº 1 do artigo 362º do CCP.

O jardim prevê a plantação de mais de meio milhar de novas árvores, de quase 1.900 novos arbustos, um lago e a continuidade de percursos pedestres ao longo do rio Lis, estando garantidas as acessibilidades a pessoas com mobilidade reduzida ou condicionada.

Uma das mais-valias do projecto – o Plano de Pormenor da Almuinha Grande, datado de 1992, já previa para aquele local a execução do jardim – é possibilitar ainda a organização de atividades urbanas, como o Mercado do Levante, e iniciativas de lazer e desporto informal, eventos, pequenas feiras e concertos.

O equipamento vai estabelecer a ligação do sistema ecológico e urbano da Nova Leiria e dos Marrazes ao corredor do rio Lis, destacando-se ainda a criação de um anfiteatro ao ar livre, um miradouro do jardim e do castelo, um longo passeio público e uma grande clareira que constituirá uma zona de prado na qual se prevê uma intensa utilização familiar e intergeracional.

A primeira proposta concreta data de 1995, na sequência de um estudo realizado pelo historiador Jorge Estrela e pelo arquitecto Rui Ribeiro, este último o autor do actual projecto. Em 2004 foi apresentado um novo projecto, adaptado às infra-estruturas criadas no âmbito do campeonato europeu de futebol, onde se incluía a Ponte Euro 2004 e o Centro Nacional de Lançamentos.

O actual executivo municipal decidiu em 2015 desenvolver este projecto de forma a aproveitar os financiamentos disponíveis para este investimento público.

Fonte: Câmara Municipal de Leiria

 

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.