Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Fundação da Juventude tem cerca de 100 estágios para Leiria

Os jovens a frequentar o penúltimo e último ano de qualquer curso do ensino superior já se podem candidatar ao 25º Programa de Estágios de Jovens Estudantes do Ensino Superior nas Empresas (PEJENE), promovido pela Fundação da Juventude. Para Leiria, um dos quatro distritos com maior oferta, existem mais de 100 vagas em 30 áreas de formação, podendo cada jovem candidatar-se a até quatro vagas de estágio.

Os estágios realizam-se entre Julho e Setembro de 2017 e pressupõem a atribuição de subsídio de alimentação e de transporte, assim como um seguro de acidentes pessoais. As vagas estão disponíveis para consulta em http://ms.fjuventude.pt/pejene2017/.

Em todo o país existem cerca de mil vagas disponíveis, em mais de 100 áreas de formação, que vão desde a saúde, a tecnologias, passando pelo ensino, formação, ambiente, gestão, ou áreas específicas como antropologia ou arqueologia.

«Na última edição do programa PEJENE a taxa de empregabilidade, verificada após a realização do estágio, foi de 19%, o que representa um acréscimo de 4% face a 2015. São resultados que se revelam bastante significativos, tendo em conta a conjuntura actual, em que existe uma grande dificuldade de empregabilidade por parte de jovens diplomados», explica Ricardo Carvalho, presidente Executivo da Fundação da Juventude.

O PEJENE enquadra-se num dos vectores estratégicos de actuação da Fundação da Juventude – Emprego e Empreendedorismo – e constitui um importante fator de enriquecimento curricular assim como aquisição de experiência e conhecimento em contexto laboral.

Analisadas as vagas disponíveis, as áreas de formação que continuam a ser mais requisitadas pelas empresas são as relacionadas com Economia, Finanças e Gestão de Empresas (13%), Comunicação Publicidade e Marketing (19%), apoio administrativo e Secretariado (10%) e Informática e Tecnologias (9%).

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

AKI investe 500 mil euros na renovação da loja de Leiria

O AKI investiu 500 mil euros na renovação da loja de Leiria e está em processo de recrutamento de seis novos colaboradores. O objectivo passa por «reforçar o seu conceito de proximidade junto dos leirienses e actualizar a nova imagem da marca», explica a empresa em comunicado.