Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Sector das telecomunicações lidera queixas na DECO

 

Quase 460 mil portugueses procuraram os serviços da DECO em 2016 e o sector das telecomunicações continua a liderar o ranking, com 45.515 reclamações.

«A alteração à Lei das Comunicações Electrónicas infelizmente não se traduziu em melhorias para este sector, uma vez que as operadoras optaram por estratégias de fidelização dos clientes a longo prazo (dois anos), apresentando ofertas sem fidelização que apenas prejudicam o consumidor. Os prazos de fidelização e refidelização continuaram, assim, a ser as situações mais reclamadas pelos portugueses», explica a DECO.

Nos sectores da energia e água (27.708 queixas apresentadas) destacam-se as dificuldades sentidas pelos consumidores no âmbito da facturação, seja por falta de envio da mesma, cobrança de consumos prescritos ou dupla facturação. Também a mudança de comercializador de energia justificou abordagens comerciais pouco transparentes por parte dos diferentes comercializadores, tendo a DECO recebido milhares de queixas de consumidores vítimas de práticas comerciais desleais.

Já nas compras e vendas (27.430 queixas apresentadas), nomeadamente no comércio electrónico, a maioria das situações de incumprimento prende-se com a falta ou atraso na entrega dos produtos, a recusa de cancelamento da compra no prazo de reflexão e a falta de reembolso em caso de desistência da compra.

 

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

AKI investe 500 mil euros na renovação da loja de Leiria

O AKI investiu 500 mil euros na renovação da loja de Leiria e está em processo de recrutamento de seis novos colaboradores. O objectivo passa por «reforçar o seu conceito de proximidade junto dos leirienses e actualizar a nova imagem da marca», explica a empresa em comunicado.