Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

A indústria automóvel é o principal mercado para a maioria das empresas do sector, sendo responsável por mais de 70% da produção. Espanha foi, em 2016, o principal país-destino das exportações de moldes portugueses, destronando a Alemanha que, no ano anterior, detinha a primeira posição. Espanha representa 22% do total exportado, seguindo-se a Alemanha com 20% e a França com 16%.

As empresas portuguesas deste sector, de elevada intensidade tecnológica, são fornecedoras de soluções globais, oferecendo um serviço integrado, composto por uma cadeia de valor alargada, que engloba competências desde o design, engenharia e desenvolvimento de protótipos, ao fabrico de moldes (incluindo a especialização em moldes de grande dimensão, precisão e micromoldes), ferramentas especiais, injecção, e montagem de produtos e componentes.

Portugal é internacionalmente reconhecido como um dos principais produtores de moldes de precisão para a indústria de plásticos e tem aumentado, cada vez mais, a sua cadeia de valor, a montante e a jusante, com competências especializadas na área do design e engenharia até à produção de peças finais.

Actualmente o terceiro maior produtor europeu e oitavo a nível mundial, o sector português de moldes é composto por cerca de 450 empresas, maioritariamente localizadas na Marinha Grande e em Oliveira de Azeméis, que integram aproximadamente 9.000 trabalhadores.


Fonte: CEFAMOL

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

AKI investe 500 mil euros na renovação da loja de Leiria

O AKI investiu 500 mil euros na renovação da loja de Leiria e está em processo de recrutamento de seis novos colaboradores. O objectivo passa por «reforçar o seu conceito de proximidade junto dos leirienses e actualizar a nova imagem da marca», explica a empresa em comunicado.