Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Empresas da região Centro com a melhor execução no PT 2020

Até ao final de 2016 foram aprovados na região Centro, no âmbito do Portugal 2020, 2.615 projectos de empresas, com uma proposta de investimento global de 2,3 mil milhões de euros e um apoio dos fundos europeus de cerca de 1,1 mil milhões de euros, advindos dos programas Centro 2020 e Compete 2020.

Segundo Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), «1.820 destes projectos já têm pagamentos num total de 233 milhões de euros», o que significa que a região Centro é a que apresenta «uma maior taxa de pagamentos (21%)». Isto significa, segundo a responsável, que «as empresas da região Centro revelam, para além de um importante dinamismo na apresentação de candidaturas, uma elevada maturidade dos projectos e boas condições para os executar».

Em termos de valor de projectos aprovados e de pagamentos, destacam-se na região Centro as Comunidades Intermunicipais (CIM) da Região de Aveiro, da Região de Leiria, da Região do Oeste e da Região de Coimbra, afirma a CCDRC.

Em termos globais, no âmbito do Sistema de Incentivos do Portugal 2020 foram aprovados, até ao final de 2016, 7.897 projectos de empresas, que totalizam uma intenção de investimento de 5.2 mil milhões de euros, com um apoio de fundos europeus de 2.8 mil milhões de euros. Destes projectos, 4.550 já receberam pagamentos, num total de 477 milhões de euros, o que supera a meta governamental de 450 milhões de euros de pagamentos às empresas no final de 2016.

 

Fonte: CCDRC

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

AKI investe 500 mil euros na renovação da loja de Leiria

O AKI investiu 500 mil euros na renovação da loja de Leiria e está em processo de recrutamento de seis novos colaboradores. O objectivo passa por «reforçar o seu conceito de proximidade junto dos leirienses e actualizar a nova imagem da marca», explica a empresa em comunicado.