Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Município da Marinha Grande investe 3,4 milhões em habitação social

 

O Câmara da Marinha Grande adquiriu ao Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) 52 fogos, localizados no lugar do Camarnal, na Marinha Grande, envolvendo um investimento de 3,4 milhões de euros.

Segundo comunicado da autarquia, os 52 prédios urbanos destinam-se a alojar famílias em situação de vulnerabilidade económica e social.

«A aquisição implicou um investimento total de 3,365.486,99 euros por parte da Câmara Municipal. No acto da escritura foi pago 1.816.686,59 euros, uma vez que já tinha sido liquidado o montante de 1.548.800,40 euros a título de sinal e princípio de pagamento. Foram ainda pagos juros no valor de 361.423,38 euros», explica o comunicado.

Fica assim resolvido um problema que se arrastava desde 2004 e que resultou da aquisição dos fogos pelo Instituto Nacional de Habitação (INH) em substituição do Município.

«O processo negocial com o IHRU foi-se arrastando, sem que tivesse sido possível, até agora, estabelecer uma solução consensual e que acautelasse devidamente os interesses municipais. Após um esforço adicional foi possível acordar os termos da formalização definitiva da transação dos imóveis, que obteve Visto do Tribunal de Contas», conclui o comunicado.

 

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

AKI investe 500 mil euros na renovação da loja de Leiria

O AKI investiu 500 mil euros na renovação da loja de Leiria e está em processo de recrutamento de seis novos colaboradores. O objectivo passa por «reforçar o seu conceito de proximidade junto dos leirienses e actualizar a nova imagem da marca», explica a empresa em comunicado.