Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Lusiaves apresenta solução tecnológica inovadora no âmbito da Indústria 4.0

O Grupo Lusiaves vai apresentar uma solução tecnológica inovadora no âmbito da iniciativa Indústria 4.0 – Economia Digital, que vai decorrer na próxima segunda-feira, na ESTG, em Leiria. Em causa está o desenvolvimento de um sensor aplicado ao nível da suspensão dos camiões que, através de um algoritmo avançado, permite saber, em tempo real, o peso exacto de ração que transportam e distribuem pelos pavilhões de frangos.

«A solução que está a ser desenvolvida vai permitir ao Grupo Lusiaves resolver o problema de não conseguir saber, de forma precisa, que quantidades de ração são distribuídas pelos diferentes pavilhões de frangos, uma vez que actualmente as descargas são feitas a olho, o que faz com que alguns pavilhões de frangos recebam mais comida e outros menos», explica a empresa em comunicado.

A informação recolhida pelo sensor é passada automaticamente para o motorista, através de uma app no smartphone, permitindo descargas precisas e de forma automática, o que reduz o erro, e gera poupanças.

A solução em desenvolvimento tornará ainda possível ao Grupo Lusiaves recolher o milho nas explorações agrícolas, sabendo em tempo real a quantidade que está a ser transportada, uma informação que é partilhada com o agricultor, que toma conhecimento, com exactidão, das quantidades vendidas, garantindo ainda que o transporte cumpre o peso máximo permitido por lei.

«O objectivo deste desafio foi demonstrar mais um exemplo prático de como com a aplicação de tecnologias de Indústria 4.0 se conseguem ter ganhos de eficiência, competitividade, redução de custos, e talvez até, desenvolver novos modelos de negócio», explica Paulo Gaspar, administrador e CIO do Grupo Lusiaves, citado em comunicado.

Este projecto surge em resposta ao desafio lançado pela Deloitte Portugal para, em conjunto com o Instituto Politécnico de Leiria, apresentar uma solução tecnológica inovadora no âmbito da iniciativa Indústria 4.0 – Economia Digital. O projecto conta com o contributo de alunos de gestão, electrotecnia, informática, mecânica e respectivos coordenadores de curso/mestrado.

O Grupo Lusiaves fez parte de 80 empresas convidadas a dar o seu contributo, em conjunto com o Governo, para ajudar a definir uma série de políticas de incentivo e ajuda às empresas, no sentido de se modernizarem e adoptarem procedimentos e tecnologias Indústria 4.0.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

AKI investe 500 mil euros na renovação da loja de Leiria

O AKI investiu 500 mil euros na renovação da loja de Leiria e está em processo de recrutamento de seis novos colaboradores. O objectivo passa por «reforçar o seu conceito de proximidade junto dos leirienses e actualizar a nova imagem da marca», explica a empresa em comunicado.