Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

O que pensam os gestores do conceito NewCo e como o materializam

No final de Novembro, nove empresas de Leiria abriram portas ao festival NewCo. O Leiria Económica foi ouvir o que pensam estes gestores do conceito norte-americano que defende que a empresa deve existir para além dos seus objectivos financeiros, comprometendo-se a contribuir para um mundo melhor. Esta semana, Isabel Marto, directora executiva da IDDNET, e Paulo Gaspar, administrador do Grupo Lusiaves. Na primeira pessoa.

1 – Como se materializa o conceito NewCo na sua empresa e na sua forma de estar enquanto empresário/gestor?

2 – Para quem não o ouviu no evento, o que diria para inspirar outros a adoptar esta filosofia?

 

Isabel Marto | Directora-executiva da IDDNET

1 – Ser uma organização NewCo envolve um compromisso com a sociedade em que está inserida, fomentando a construção de relações entre empresas com o objectivo de contribuir significativamente para a criação de um mundo melhor. A IDDNET tem por missão apoiar a constituição de novos projectos de negócio, ajudando empreendedores a concretizar o seu sonho/visão de abrir o próprio negócio. Paralelamente, ajudamos muito deles a resolver a sua situação de desemprego e a criar novos postos de trabalho na região. A missão da IDD contribui ainda para a concretização de projectos de empreendedorismo social com um impacto directo na resolução de questões sociais.

2 – A principal vantagem desta filosofia é ter uma melhor aceitação por parte da comunidade, aumentando a sustentabilidade dos projectos a médio/longo prazo.

 

Paulo Gaspar | Administrador do Grupo Lusiaves

1 – A visão do Grupo Lusiaves foi desde sempre apostar nos recursos humanos, porque são as pessoas que formam e distinguem as empresas. Mais do que um Grupo, somos uma família; mais do que fazer muito, queremos fazer bem e primeiro do que os números estão, sem dúvida, as pessoas. Desde a fundação do Grupo Lusiaves, há 30 anos, criámos 2.500 postos de trabalho ao nível nacional e iremos continuar a fazer crescer este número. Continuamos empenhados em ser uma mais-valia para as comunidades onde estamos inseridos e, ao nível da nossa política de responsabilidade corporativa, temos apoiado associações sem fins lucrativos e equipamentos que contribuem para a qualidade de vida das pessoas.

2 – Querer fazer bem é o mote que nos move no Grupo Lusiaves. O caminho que percorremos e a liderança de mercado nacional só a conquistámos devido ao empenho de todos quantos trabalham no Grupo Lusiaves. A continuidade na aposta na inovação é um dos drivers que continuará a ser determinante para consolidarmos a nossa posição no mercado e explorarmos novos mercados no âmbito da internacionalização. No entanto, quanto maiores somos, maior é a dimensão do que ainda temos de fazer e maiores serão as nossas responsabilidades.

REDACÇÃO | Célia Marques cmarques@leiriaeconomica.com

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

AKI investe 500 mil euros na renovação da loja de Leiria

O AKI investiu 500 mil euros na renovação da loja de Leiria e está em processo de recrutamento de seis novos colaboradores. O objectivo passa por «reforçar o seu conceito de proximidade junto dos leirienses e actualizar a nova imagem da marca», explica a empresa em comunicado.