Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

João Duque dá formação em gestão de risco cambial em Leiria

João Duque, professor catedrático do ISEG, vai estar em Leiria, a convite da D. Dinis Business School, para leccionar no curso de Gestão de Risco Cambial. Segundo a Escola de Negócios, a formação pretende preparar os participantes para lidar com os riscos da negociação internacional (flutuações de câmbios e outras) e as respetivas consequências em matéria de modelo de negócio, rentabilidade e sustentabilidade.

O curso de apoio à gestão inclui uma parte prática de simulação de instrumentos de gestão do risco cambial, que conta com o apoio do Banco Big.

«Estamos numa região com muitas empresas exportadoras e expostas aos riscos associados aos mercados cambiais e ao comércio internacional. Nesse sentido identificámos a pertinência e utilidade de desenvolver uma proposta de formação alinhada com as necessidades destas empresas», refere Vitor Ferreira, diretor Executivo da D. Dinis Business School, citado em comunicado.

Parte da formação será assegurada por João Duque, Professor Catedrático do Departamento de Gestão do ISEG e investigador na área de Finanças (em produtos, mercados e instituições financeiras e em regulação financeira). João Duque irá abordar os instrumentos de gestão do risco cambial, nomeadamente as coberturas naturais e os instrumentos derivados, onde se inclui fowards, opões e swaps.

O curso de Gestão do Risco Cambial tem a duração de oito horas e realiza-se a 13 de maio. As candidaturas estão abertas até 6 de maio.

Mais informações estão disponíveis em www.ddinisbschool.com.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

AKI investe 500 mil euros na renovação da loja de Leiria

O AKI investiu 500 mil euros na renovação da loja de Leiria e está em processo de recrutamento de seis novos colaboradores. O objectivo passa por «reforçar o seu conceito de proximidade junto dos leirienses e actualizar a nova imagem da marca», explica a empresa em comunicado.