Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

MIT e Primacis MZ dão origem a inCentea MZ

A empresa moçambicana MIT fundiu-se com a também moçambicana Primacis MZ, do Grupo inCentea, dando origem à inCentea MZ. A fusão surge no seguimento da «estratégia de crescimento e internacionalização do Grupo inCentea», explica em comunicado.

A MIT é uma empresa moçambicana que implementa soluções integradas de gestão, nomeadamente Primavera BSS, fazendo parte do Grupo Meridian32.

A MIT e a Primacis MZ são os dois principais parceiros da Primavera BSS em Moçambique, uma posição de liderança que, segundo a inCentea, sai consolidada com esta fusão.

«Esta parceria representa um importante passo no reforço da nossa presença em Moçambique, mas ainda mais importante, uma aliança estratégica com um grupo económico como o Meridian32», explica António Poças, administrador do Grupo inCentea.

Já Manuel Vieira, administrador da MIT, considera que esta parceria traz «um set de competências e produtos mais alargado bem como um leque de ferramentas internas que nos vão permitir chegar ainda mais longe e consolidar a nossa posição como líder destacado neste segmento».

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.

AKI investe 500 mil euros na renovação da loja de Leiria

O AKI investiu 500 mil euros na renovação da loja de Leiria e está em processo de recrutamento de seis novos colaboradores. O objectivo passa por «reforçar o seu conceito de proximidade junto dos leirienses e actualizar a nova imagem da marca», explica a empresa em comunicado.