Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript.Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Responsabilidade Social Empresarial

Responsabilidade social é ponto de partida para a competitividade

Célia Marques

É confundida com solidariedade social, filantropia ou voluntariado, mas, na verdade, a responsabilidade social empresarial (RSE) é muito mais do que isso. Representa o compromisso do empresário em gerir os negócios de forma a garantir a sustentabilidade dos resultados da empresa e, em última análise, da sociedade como um todo. A responsabilidade social empresarial assume-se como a gestão estratégica, o ponto de partida para o objectivo mor da competitividade.

Segundo a definição do Livro Verde da Comissão Europeia, a responsabilidade social empresarial é a integração, pelas empresas, dos impactos económicos, sociais e ambientais nas suas estratégias e operações. Está no “coração” da empresa e tem a ver com todo o seu processo de gestão.

A RSE parte do pressuposto de que as empresas, ao adoptarem um comportamento socialmente responsável, podem construir, em parceria com o Estado e a sociedade civil, um país e um mundo melhores, abrindo perspectivas de maior sucesso empresarial, tornando-se mais eficientes e influenciando políticas públicas que favoreçam o desenvolvimento de cidadãos e comunidades.

Os desafios são inúmeros. É que ao abrigo da RSE, a melhoria da performance da empresa depende não só dos serviços prestados, produtos vendidos e do lucro auferido, mas também do impacto que exerce sobre o bem-estar humano. As previsões apontam para que, num futuro não muito distante, as organizações bem sucedidas sejam aquelas que firmaram um pacto com a sustentabilidade, em todas as suas vertentes: social, económica e ambiental.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.